Rodovia entre Barreirinhas e Paulino Neves deverá ser fechada para veículos pesados

3
2394

AQUILES EMIR

Inaugurada em janeiro de 2019, com a promessa de que iria dar um impulso no turismo do Maranhão, diminuindo o tempo de viagem entre dois dos destinos mais procurados da Rota das Emoções – Lençóis Maranhenses e Delta das Américas – a MA 315 deverá ser fechada para o tráfego de veículos pesados. A informação foi dada pelo secretário estadual da Infraestrutura, Clayton Noleto, numa entrevista ao jornalista Roberto Fernandes, na TV Mirante, semana passada.

Questionado sobre o porquê da rodovia ter se deteriorado em tão pouco tempo, o secretário alegou que choveu na região com uma intensidade que não se via há mais de cinquenta anos e isto prejudicou sensivelmente o asfalto, que foi colocado sobre um terreno arenoso.

Além do mais, Noleto disse que a rodovia atraiu motoristas de veículos de todos os portes para fazer o trajeto entre Barreirinhas e Paulino Neves, provocando uma sobrecarga, ou seja, nenhum questionamento sobre a qualidade da pavimentação, já que foi a natureza que danificou.

A verdade é que a rodovia foi inaugurada dia 15 de janeiro de 2019 e três semanas depois já apresentava problemas. Os recursos para sua construção foram da Ômega Energia, empresa que instalou na região uma enorme estrutura para geração de energia eólica.

O projeto da estrada é de 2010, mas sua execução sempre esbarrava em questionamentos do Ministério Público Federal, Ibama e outros órgãos que passaram a ser mais sensíveis à necessidade da obra.

Ano passado, quem viajou por essa estrada para passar o carnaval num dos municípios da região se surpreendeu ao retornar e vê-la apresentando uma série de defeitos: água empossada, asfalto se desprendendo, erosão etc. O tempo passou e somente agora o governo decidiu intervir para recuperá-la. Os serviços devem estar concluídos em cinquenta dias, segundo Noleto.

O secretário disse que uma das alternativas a serem adotadas para que a estrada não se precarize novamente em tão pouco tempo é impedir o tráfego de veículos pesados. Ele não esclareceu se a regra valeria tanto para caminhões quanto para ônibus, mas o anúncio preocupa, pois o transporte de cargas e de passageiro passaria a ser feito novamente pela MA 224, a partir da 222, passando por São Benedito do Rio Preto e Urbano Santos, para quem faz o trajeto de Barreirinhas a Parnaíba, ou seja, cerca de 240 quilômetros a mais numa estrada também precária.

Turismo – A pavimentação da MA 315 encurtou consideravelmente a distância entre Barreirinhas e os municípios que estão na região do Delta das Américas, principalmente Tutóia, no Maranhão, e Parnaíba, no Piauí, os mais demandados pelos turistas. Com ela, facilitou ainda o trânsito em toda a Rota das Emoções, roteiro integrado que interliga os litorais do Maranhão, Piauí e Ceará.

Caso seja fechado para veículos pesados, como adverte o secretário Clayton Noleto, o transporte de mercadorias deverá ser feito novamente pela mesma rota de até 2018, e a situação se agravará com proibição de ônibus, pois não será mais possível oferecer aos turistas viagem com menos tempo em toda a Rota das Emoções, e isto beneficiaria apenas Delta e Jericoacoara (Ceará), já que entre eles a viagem é mais segura porque as rodovias são melhores.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação

3 COMENTÁRIOS

  1. Procurar fazer uma estrada que preste não foi nada de chuva em moro proximo a essa estrada foi um serviço mal feito com uma borra de asfalto agora ele está mandando arrumar de novo a estrada pegou o dinheiro gastou e agora mandou fazer o mesmo serviço novamente pra deixar de ser burro.

  2. Gostei muito bom !.
    Vocês possui grupo no Whatsapp?
    Eu sou locutor do programa BOM DIA CIDADE EM PAULINO NEVES- MA 87,9 FM.
    ME ADICIONA 98 9 84498272

Comments are closed.