Criadores podem comprovar pela internet vacinação de animais contra brucelose

0
120

Criadores que possuem rebanhos com bezerras bovinas e/ou bubalinas, com idade entre três e oito meses de idade, devem comprovar a vacinação das fêmeas contra brucelose para Agência Estadual de Defesa Agropecuária (AGED/MA). Para isso, basta encaminhar a foto do atestado de vacinação para o e-mail do escritório da AGED onde a propriedade foi cadastrada.

Apesar das medidas restritivas para a prevenção e combate ao novo coronavírus, os serviços essenciais da AGED não param, tornando-se necessários à orientação aos criadores quanto à importância da comprovação da vacinação contra brucelose, que pode ser feita através de e-mail.

A fiscal estadual agropecuária, Adriana Prazeres Paixão, responsável pelo Programa Estadual de Brucelose e Tuberculose Animal da AGED/MA, explica que é importante a comprovação da vacinação para que a propriedade não fique bloqueada e o criador impedido de tirar a GTA (Guia de Trânsito Animal), documento necessário para o transporte dos animais.

“A vacinação contra brucelose em bezerras bovinas e/ou bubalinas, entre 3 a 8 meses de idade, é importante, pois é uma das formas de prevenção da doença dentro do rebanho. Durante o período em que os escritórios da AGED estiverem fechados, em virtude da pandemia do coronavírus, é necessário que o criador envie para o e-mail do escritório onde a sua propriedade está cadastrada, a cópia do Atestado de Vacinação contra brucelose, para que evite o bloqueio da sua propriedade e que o mesmo fique impedido de tirar a GTA. Reforçamos que a brucelose animal não tem tratamento e a vacinação é a única forma de prevenção”, esclareceu Adriana.

Sobre a brucelose – A brucelose é uma doença que acomete diversas espécies de animais, principalmente os bovinos e bubalinos. Causa prejuízos econômicos e possui relevância para a saúde pública por ser considerada uma zoonose, ou seja, pode ser transmitida aos seres humanos. A brucelose animal não possui tratamento, portanto, a vacinação é necessária. Devem ser vacinadas com a vacina B19 bezerras bovinas e/ou bubalinas, na faixa entre 3 a 8 meses de idade.

A vacinação deverá ser realizada por médico veterinário ou auxiliar cadastrado na AGED/MA. Para a aquisição da vacina o produtor deverá apresentar na casa agropecuária o Receituário emitido pelo médico veterinário. Após a vacinação as fêmeas deverão ser marcadas com o último algarismo do ano “0” (zero) no lado esquerdo da cara, com a utilização de ferro candente ou nitrogênio líquido.  Depois da vacinação o médico veterinário emitirá o Atestado de Vacinação e o criador deverá enviar para o e-mail onde a sua propriedade está cadastrada.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação