Aumento pela procura e retenção de botijões podem prejudicar distribuição de gás de cozinha

0
154

AQUILES EMIR

O comércio de GLP, também conhecido como gás de cozinha, disparou em São Luís desde a decretação do isolamento social pelo Governo do Estado. A estimativa é de um aumento acima de 40%, porém o que mais preocupa os empresários do setor não é risco de faltar o produto, mas vasilhame.

Segundo o empresário Antônio Hiluy Nicolau, proprietário da Nidigás, uma das maiores revendedoras de GLP de São Luís, diz que o problema é provocado pela aflição de algumas família, que, temendo desabastecimento, estão estocando gás, com a compra de dois ou mais botijões e com isto não HÁ troca de vasilhames no momento das vendas.

Quanto ao aumento de consumo, Nicolau diz que muitas pessoas deixaram de comer fora de casa, princialmente trabalhadores que faziam suas refeições nas empresas, em restaurante do Sesc ou mesmo em self-services etc, bem como adolescentes passaram a fazer mais refeições em casa com a suspensão de aulas.

A Liquigás garante, no entanto, que não haver desabastecimento. Leia a íntegra do comunicado da empresa:

Comunicado Liquigás para o consumidor de GLP

A Liquigás, empresa tradicional na comercialização de gás liquefeito de petróleo (GLP), conhecido como gás de cozinha, um produto de utilidade pública, em respeito ao consumidor brasileiro, vem tranquilizar a população quanto ao abastecimento de GLP. Neste momento, o setor de distribuição de gás enfrenta aumento pontual na procura por botijões ocasionando compras antecipadas. A Liquigás está trabalhando fortemente para manter o abastecimento de sua rede de revendas e ressalta que não há motivo para pânico e estocagem dos botijões.

Informa ainda que não há interrupção no fluxo da cadeia de abastecimento do GLP em nenhum estado brasileiro e que todas as suas unidades de distribuição estão operando para atender a demanda dos consumidores residenciais, comerciais e industriais de forma segura, confiável e ininterrupta, tomando todos os cuidados necessários. Para tanto, conta com planos de contingência para o enfrentamento de intercorrências e um trabalho estruturado para a gestão de crises.

A Liquigás recomenda a utilização de canais como o telefone da empresa ou dos próprios revendedores para evitar a aglomeração de pessoas. A lista de revendas autorizadas pode ser encontrada no site da Liquigás.

Cuidado redobrado com a higiene: da produção à sua casa

A Liquigás, que utiliza no processo de envasamento técnicas e equipamentos modernos para proporcionar mais segurança ao consumidor, redobrou os cuidados com a higiene em todas as fases da operação, desde a instalação física, manuseio de botijões até o transporte do produto ao consumidor final. Todos os revendedores também foram orientados a adotar critérios sanitários rigorosos, como a limpeza e o distanciamento necessário para proteger a população.

Seguindo as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), todos os colaboradores da empresa são sistematicamente lembrados da adoção das regras para um convívio seguro e da necessidade constante de higienização de mãos e equipamentos para a proteção de todos.

Estamos concentrando todos os esforços para garantir o abastecimento do mercado, com segurança e responsabilidade.

A Liquigás aproveita ainda para reiterar o apelo dos governos estaduais e municipais para controlar a infecção pelo Covid-19: fiquem em casa e contem com a nossa energia!

 

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação